eBook: Os métodos que se usam para o Controle Interno da Qualidade

  • Parte 2: As planilhas são úteis como métodos de controle?

    Para se ter o bom controle é preciso que se faça a melhor escolha do método. Fazer por fazer, ou fazer por um método insuficiente é perda de tempo e de dinheiro, porque não se obtém os benefícios dessa prática essencial, que é o Controle Interno da Qualidade (CIQ). Vimos discutindo sobre esses métodos alternativos empregados por diversos profissionais de laboratório e nosso objetivo é levantar a discussão. "Quem usa planilhas eletrônicas para o controle estatístico dos processos analíticos enfrenta muitas dificuldades e inadequações. Não obtém o gráfico de Levey-Jennings adequado, não conta com os testes das regras de Westgard e não usufrui de mecanismos de comparação do Coeficiente de Variação, ótima medida da imprecisão analítica. Também tem dificuldades para envolver os colaboradores na prática do CIQ, o que deveria ser de engajamento natural e amplo."

    Este material discute aspectos da inadequação das planilhas que se conhece, quando aplicadas ao Controle Interno da Qualidade.

    • Encontre: As boas razões para a escolha correta do método de fazer o CIQ.
    • Entenda:Os elementos necessários para que um bom método forneça os resultados desejáveis para o controle.
    • Aplique:Os conhecimentos para escolha do método certo, para fazer bem o bom controle.

     

    Exercícios | Gráfico-Jennings